Webfólio sobre EaD

 
 
 
Parte I - Produções Orientadas
Parte II - Trabalhos com Textos
Parte III - Pesquisas Complementares
Parte IV - Sínteses e Avaliações

 

Parte I - Produções Orientadas

______________________________________________________________

Topo

______

1 - Conceito de Webfólio

 

2 - Avaliação por Webfólio

Avaliação não significa punição, mas sim crescimento mútuo

Avaliar significa analisar os resultados obtidos com o que foi aprendido na busca de identificar o que precisa ser revisto e o que ficou de importante do conteúdo trabalhado. O processo recíproco de ensino-aprendizagem entre professor e aprendiz possibilita crescimento profissional e pessoal para ambas as partes. A avaliação, se bem realizada, permite que haja a intervenção e o diagnóstico dos potenciais e carências do indivíduo a fim de ampliar conhecimentos através da seleção criteriosa e sistêmica do conteúdo a ser estudado.

Prova concreta da existência de uma avaliação progressista e necessária é a utilização do Webfólio como meio que proporciona, além do feedback entre professor e aluno, a auto-avaliação do aprendiz ao rever o que obtido e construído com sua aprendizagem; pois permite o registro de todo histórico das atividades e situações vivenciadas pelo indivíduo. Através desse recurso, aprendizes e educador se relacionam continuamente, pois além de promover uma comunicação mais rápida e dinâmica, gera um processo de ensino-aprendizagem mais eficiente.

Diante de tal situação, pode-se concluir que a utilização do Webfólio como instrumento de aprendizagem busca fazer com que o indivíduo estabeleça seus objetivos através da autocrítica de seus conceitos e atitudes diante do que foi aprendido; identificar suas motivações, avanços e carências para trabalhar melhor seu crescimento pessoal e profissional; construção de conhecimento através do compartilhamento e da troca de saberes através da diversidade. Portanto, possibilita uma concepção construtiva em relação ao mundo levando a entender que é possível aprender todo momento, pois nenhum conhecimento é pronto e acabado, sempre há uma possibilidade de rever e compartilhar o que se sabe na busca de aprimorar e melhorar o que se sabe. Baseando-se nesta concepção, você internauta poderá ampliar seus conhecimentos diante da proposta do EaD e seu método avaliativo navegando em meu endereço. Vá em frente, aprimore o que você sabe e multiplique seus conhecimentos para que os mesmos sejam fonte de progresso e crescimento pessoal.

 

3 - Saberes da Experiência

EaD: Um mundo em processo de descoberta!!!

A EaD é para mim, uma modalidade de ensino-aprendizagem a qual ainda desconheço algumas informações. Creio que isso se dê pelo fato de ausência de prática, ou seja, o uso do recurso. Disponho em maior parte de conhecimento teórico, o que desperta algumas dúvidas e receios em relação aos resultados proporcionados pelo uso da EaD. Reconheço que há uma ignorância de minha parte diante de tal proposta, mas me disponho a desfrutar de todos os meios que me possibilitem uma visão mais abrangente e esclarecida em relação à mesma.

Minha visão em relação aos benefícios da EaD sofre bloqueio no momento em que me pego a pensar no contato pessoal que, nos dias de hoje, tem se visto cada vez mais necessário. A EaD, a princípio, é uma proposta que trabalha com uma maior ausência deste contato. É impossível reconhecer que no meio escolar esta proposta irá ampliar ainda mais o contato com o mundo que nos cerca e, acima de tudo, contribuir com a inclusão digital. O único lamento é o fato de que o recurso ainda não dispõe de um acesso em massa que chegue a todas as classes sociais. Mas, olhando no âmbito organizacional, é cada vez maior a queixa da ausência de contato dos funcionários com as áreas da alta gerência, treinamento e desenvolvimento, dentre outras. Pode-se entender então que a adaptação da EaD nas empresas pode proporcionar a contribuição para com tal carência.

Por meio de todas as informações já levantadas, me disponho a buscar novas informações e experiências diante do processo e dos resultados da EaD. Estou em busca de um olhar mais amplo diante da proposta com a expectativa de que novas descobertas possam surgir, novas opiniões e visões possam ser construídas, e com isso a EaD possa ser vista como recurso necessário que possibilite contribuir com a construção de uma prática educativa eficaz e realmente necessária. A realidade acadêmica e educativa que envolve a sociedade atual tem se tornado cada vez mais evoluída em termos de recursos tecnológicos e acesso à informação. Uma das provas dessa afirmação é a utilização cada vez mais freqüente dos recursos de EaD como um facilitador de tal evolução.

Paralelo a esse fato é preciso exercer uma criticidade diante de tal recurso a fim de identificar quais propostas educativas estão sendo trabalhadas neste meio e, acima de tudo, planejar e propor novos métodos, conteúdos e ferramentas que possibilitem progresso e uma maior aceitação diante da utilização do EaD.É preciso trabalhar os pontos-chave do EaD na busca de possibilitar  melhor visão de mundo, além de  melhor atuação indivíduo enquanto pessoa e profissional no contexto em que atua. O conhecimento adquirido nesta modalidade deve ser bem aproveitado e utilizado para a construção de profissionais que disponham de uma atuação cada vez mais ativa, construtiva e educadora. A problematização então é lançada com as seguintes questões:

  • Como elaborar projetos e cursos de EaD considerando o planejamento de seus processos, suas particularidades e o uso de ferramentas tecnológicas e pedagógicas?

  • Como utilizar o conhecimento adquirido na EaD no cotidiano e no exercício da profissão do pedagogo gestor?

 

4 - Fontes da Pesquisa sobre EaD

www.serprofessoruniversitario.pro.br
O site é uma interessante fonte de pesquisa para os professores universitários ampliarem seus conhecimentos e habilidades referentes à Pedagogia e à Didática. É de autoria do Professor de Didática do Ensino Superior (disciplina obrigatória de Mestrado e Doutoramento em Admin. (FEA/USP) Gilberto Teixeira. O site tem um vasto histórico de textos postados, que abordaram assuntos de significativa importância no contexto educacional como avaliação, métodos e modalidades de ensino, qualidade e planejamento de ensino, construtivismo, aprendizagem, etc. Seu menu é de fácil orientação, permitindo entendimento e navegação clara e explicativa. É um espaço muito rico em informações com temas de relevância para a educação. Uma recomendável fonte de informações que merecem ser utilizadas por profissionais que buscam conciliar sua profissão a uma conduta educativa e construtiva.

www.fpce.ul.pt/pessoa
O site cujo objetivo principal é ensinar e aprender com tecnologias. O portal conta com mais de 3 mil membros registrados, sobretudo portugueses, do norte ao sul de Portugal, dos Açores e Madeira, mas também alguns brasileiros, angolanos, moçambicanos, cabo-verdianos... Os membros desta comunidade são, em sua maioria, professores e outros profissionais ligados à formação, mas também alunos de ensino superior e outras pessoas interessadas na problemática. Traz em seu histórico, várias informações referentes a seminários, workshops, conferências e demais eventos voltados para a utilização das TICs no contexto educacional. Pelo seu menu é possível ter acesso à memória do site, livros que abordem o tema em questão, destaques do contexto tecnológico educacional, possibilidade de se tornar membro do portal, etc. É um site que agrega e permite a ampliação dos conhecimentos referente às TICs e ao AVA.

 

5 - Contextualização da EaD
 

 

 

6 - Oferta de Formação a Distância

Pedagogia: Habilitação em Gestão e Tecnologia Educacional 

  • Público Alvo:

Profissionais que buscam formação em Pedagogia para atuarem em empresas de serviços, instituições de educação formal ou informal como consultores, assessores ou gestores de projetos educacionais. 

  • Número de Vagas:

40 Vagas. 

  • Duração:

Três anos. 

  • Carga Horária:

2916 horas. 

  • Processo Seletivo:

Prova escrita das disciplinas: Língua Portuguesa, Matemática, Física, Química, Biologia, História, Geografia, Literatura, Conhecimentos Gerais e Redação. 

  • Justificativa:

O processo de desenvolvimento atual, as mudanças tecnológicas e a abertura das fronteiras através do processo de comunicação e informação exige uma nova postura no sentido de profissionais desenvolvedores de novos métodos educativos e de interação. A linguagem contemporânea baseada nas tecnologias digitais, utiliza-se de terminologias como interatividade, multimídia, ambientes virtuais de aprendizagem, conectividade, redes de colaboração, tele-trabalho; entre outras. Para que os profissionais de educação sejam capazes de interagir com os conceitos que emergem dessas novas tecnologias – compreendendo-os em seus fundamentos e articulando-os à prática educativa – a UNIMINAS traz o Curso de Pedagogia com enfoque em Gestão e Tecnologia Educacional.   

  • Objetivos:

Formar um profissional capaz de:

- Utilizar os recursos tecnológicos atuais inerentes ao processo educativo;

- Atuar com ferramentas multimídias e com a didática dos meios tecnológicos e de informação;

- Desenvolver projetos de desenvolvimento e treinamento que permitam aos participantes desenvolverem seu potencial de forma rápida, garantindo a qualidade das instituições e organizações produtivas;

- Atuar nos projetos de assessoria pedagógica nas escolas e secretarias de educação, orientando os professores no desenvolvimento das aulas e dos conteúdos adequados ao processo de ensino a distância;

- Prestar assessoria e consultoria nas áreas de treinamento e desenvolvimento de recursos humanos nas escolas, secretarias, de educação e outros organismos, buscando a melhoria da qualidade e eficácia das mesmas;
- Ser um agente provedor de mudanças no processo educativo, buscando adequar as condições para a implantação dos modernos métodos de qualidade dos serviços e melhoria continua dos processos. 

  • Diretrizes Pedagógicas:

A Instituição pretende um profissional com o perfil geral de “profissionais dotados de competências e habilidades, que viabilizem aos agentes econômicos o pleno cumprimento de sua responsabilidade de prestar contas da gestão perante a sociedade, e com o perfil específico de “profissional que exerce com ética e proficiência as atribuições que lhes são prescritas através de legislação específica”.
 
Para garantir sua missão, a UNIMINAS pretende organizar a educação que desenvolve em torno de quatro aprendizagens fundamentais, recomendadas pelo “Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI".
 
“Aprender a conhecer” — caracterizado pela busca do domínio dos instrumentos do conhecimento com a finalidade precípua de descobrir, compreender, fazer ciência;
 
“Aprender a fazer” — entendendo-se que, embora indissociável do “aprender a conhecer”, o “aprender a fazer” refere-se diretamente à formação profissional, na medida que se trata de orientar o acadêmico a pôr em prática os seus conhecimentos, adaptando a educação à configuração do trabalho na sociedade atual;
 
“Aprender a viver juntos” —constituindo-se num grande desafio para a educação pela convivência sobretudo para a busca coletiva de soluções para os problemas contemporâneos;
 
“Aprender a ser” — integrando as três aprendizagens anteriores e caracterizando-se pela elaboração de pensamentos autônomos e críticos que contribuam na formulação própria de juízos de valor, formando assim um cidadão e profissional decidido e preparado para agir nas diferentes circunstâncias da vida.
 
Por fim, cabe destacar que o Curso de Pedagogia da UNIMINAS pretende um profissional capaz de manusear seus conhecimentos com senso ético de responsabilidade social, ciente de que sua intervenção é fundamental na construção de uma sociedade livre, justa e solidária (art. 3º, inc. I, Constituição Federal), e no resgate da dignidade da pessoa humana (art. 1°, III, CF). 

  • Diretrizes Curriculares:

DISCIPLINA

CARGA HORÁRIA

SEMANAL

SEMESTRAL

1o. PERÍODO

Introdução à Sociologia

04

72

Introdução às Tecnologias de Informação e Comunicação

04

72

Língua Portuguesa 1

02

36

Pedagogias Contemporâneas 1

02

36

História da Educação

03

54

Introdução à Filosofia

03

54

Estudos Independentes/Laboratório de Aprendizagem 1

04

72

Metodologia do Trabalho Científico 1

02

36

Carga horária

24

432

 

2o. PERÍODO

Tecnologias e Educação

02

36

Psicologia da Educação

04

72

Sociologia da Educação

04

72

Língua Portuguesa 2

02

36

Pedagogias Contemporâneas 2

02

36

Gestão nas Organizações 1

02

36

Fundamentos Filosóficos da Educação

04

72

Estudos Independentes/Laboratório de Aprendizagem 2

04

72

Carga horária

24

432

 

3o. PERÍODO

Antropologia

02

36

Informática Aplicada à Educação 1

04

72

Psicologia nas Organizações

04

72

Metodologia do Trabalho Científico 2

02

36

Estudos Independentes/Laboratório de Aprendizagem 3

04

72

Processos de Aprendizagem e Gestão e Desenvolvimento Humano

03

54

Gestão nas Organizações 2

03

54

Pedagogia Digital

02

36

Carga horária

24

432

 

4o. PERÍODO

Introdução à Educação à Distância 1

04

72

Mídias  - Comunicação e Educação

04

72

Didática dos Meios 1

03

54

Informática Aplicada à Educação 2

04

72

Estágio Tutelado em Gestão e Tecnologia Educacional 1

06

108

Estudos Independentes/Laboratório de Aprendizagem 4

04

72

Gestão de Pessoas

04

72

Carga horária

29

522

 

5o. PERÍODO

Introdução à Educação à Distância 2

02

36

Sociologia das Organizações

04

72

Informática Aplicada à Educação 3

04

72

Tópicos Especiais 1

02

36

Estágio Tutelado em Gestão e Tecnologia Educacional 2

06

108

Didática dos meios 2

02

36

Estudos Independentes/Laboratório de Aprendizagem 5

04

72

Carga horária

24

43

 

6o. PERÍODO

Planejamento em Tecnologia Educacional

04

72

Planejamento em Gestão do Conhecimento

04

72

Ética Profissional

02

36

Tópicos Especiais 2

02

36

Estágio Tutelado em Gestão e Tecnologia

08

144

Trabalho de Conclusão de Curso

06

108

Estudos Independentes/Laboratório de Aprendizagem 6

04

72

Carga horária

30

540

Carga horária total

158

2.916

 

  • Metodologia ou Funcionamento (presencial e a distância):

I) Formação Básica: Conhecimentos de Formação Geral de natureza humanística e social (núcleo comum obrigatório e matérias de escolha), consoante consigna a Resolução n. 02-CFE de maio de 1969;
II) Formação Específica: Conhecimentos de Formação Profissional (núcleo de formação profissional básica, núcleo de formação profissional específica e núcleo de conhecimentos eletivos).

III) Encontros presenciais mensais, na forma de oficinas de apoio à aprendizagem e seminários com palestras, conferências, aulas dialogadas ministradas por professores, tutores e profissionais convidados;

IV) Utilização de recursos telemáticos para execução das atividades não presenciais. 

  • Material Didático:

- Guia do aluno: contém orientações sobre o curso, cronograma, formas de avaliação, sugestões para melhor aproveitamento nos estudos.
- Roteiros de estudo: volumes, elaborados especialmente para este curso, contendo conteúdo e orientações de estudos.
- Atividades postadas na ferramenta eletrônica TELEDUC sendo necessário que o aluno tenha acesso à internet.

  • Requisitos Mínimos:

Ter concluído o Segundo Grau e possuir noções básicas de informática voltadas para o acesso e pesquisas na internet.  

  • Orientação Acadêmica e Comunicação (sistema de tutoria):

Os cursistas terão como tutor um professor que possua formação relativa ao curso. O tutor reunirá um grupo de oito alunos em um encontro a cada mês para orientações, acompanhamento e realização de atividades avaliativas. Haverá um monitor de laboratório de informática disponível todos os sábados para orientação na pesquisa e postagem dos trabalhos 

  • Sistemática de Avaliação (da aprendizagem, do curso, mínimo necessário, TCC):

Projetos, discussões on-line, fórum, seminário virtual, freqüência mínima de 75% nos encontros presenciais e monografia de final de curso. 

  • Infra-estrutura de Apoio:

Haverá uma ferramenta no TELEDUC onde o aluno poderá se comunicar com o professor e com o tutor para esclarecer dúvidas e obter orientações. 

  • Equipe multidisciplinar:

Nome

Área de conhecimento

Qualificação  Profissional

Titulação

Águida Garreth Ferraz

Gestão nas Organizações

Administração

Mestre

Aldeci Cacique Calixto

Didática dos Meios

Educação

Mestre

Ana Carolina Scalia Rodrigues

Psicopedagoga

Pedagogia

Especialista

Ana Maria F Silva Nunes

Educação

Pedagogia

Mestra

Cláudia Costa Guerra

História

História

Mestra

José Edmundo Heráclito Silva

Mîdias - Comunicação e Educação

Jornalismo

Mestre

Eleonora Estela Toffoli

Psicologia da Educação

Psicologia

Doutora

Elsa Guimarães Oliveira

Educação

Pedagogia

Mestra

Gilca dos Santos Vilarinho Oliveira

Educação

Ciências da Computação

Mestra

Helio de O. Ferrari

Engenharia

Engenharia Elétrica

Mestre

Iclea Helena Santos

Lingüística

Língua Portuguesa

Mestra

Jane de F Silva Rodrigues

História

História

Doutora

Lêda Favoretto

Gestão nas Organizações

Administração

Mestre

Luziano Macedo Pinto

Antropologia

História

Mestre

Luzmarina de A Fernandes

Gestão de Pessoas

Administração

Mestre

Olga Inacio Moura

Gestão de Pessoas

Psicologia

Mestre

Paula Zedu Alliprandini

Processos de Aprendizagem e Desenvolvimento Humano

Psicologia

Doutora

Reny Cury

Educação à Distância

Engenharia Elétrica e Pedagogia

Especialista

Sertório de A. E. S Neto

Filosofia

Filosofia

Especialista

Simone RodriguesNeves

Medicina Social

Psicologia

Mestra

Sonia A Silva Gonçalves

Ciências e Valores Humanos

Pedagogia

Mestra

 

7 - Vivência de um Curso On-Line - Regras da Língua Portuguesa: complexas, mas necessárias

Alimenta-se, em vários meios, formais ou informais, a idéia que muitos são aqueles que escrevem e falam o Português de maneira incorreta. Tem sido cada vez mais comum deparar-se com anúncios, pronunciações, trabalhos acadêmicos e outros tipos de publicações que comentem ignoram as regras da Língua Portuguesa. Há relatos e opiniões que defendem o fato que o Português do Brasil é uma das línguas de mais difícil aprendizado, até mesmo para aqueles que passaram toda sua vida escolar estudando e praticando na fala as regras do idioma.

Embora a linguagem sofra influências de épocas, grupos, outras línguas e regiões, ela possui regras que superam tais influencias, assim como regras de pontuação, acentuação, gramática, concordância e etc. Tais regras são complexas e muito assustam o público escolar, pois sua compreensão carece de prática escrita e falada. A maior dificuldade em assimilar tais normas se deve à falta de prática de leitura, escrita e oratória. Pessoas adeptas ao hábito de ler, escrever e falar com mais freqüência alcançam entendimento e uso mais correto das regras de Português. O não uso das regras, principalmente em uma comunicação escrita, pode ocasionar mal entendido e até mesmo falta de entendimento.

Pode-se concluir que, apesar de sua complexidade, a boa e correta utilização da Língua Portuguesa escrita e falada é extremamente necessária para que haja diálogo e entendimento entre ambas as partes envolvidas em um canal de comunicação. Em função de tal necessidade aqui vai a recomendação do Curso On-line de Português oferecido pela Universidade Estácio de Sá através do endereço: http://www.estacio.br/site/pol/. São nove módulos que oferecem conteúdo teórico e questões avaliativas que trabalham: palavras, expressões e locuções que causam grandes transtornos, acentuação gráfica, ortografia, classes gramaticais, concordância nominal e verbal, regência nominal e verbal, crase e pontuação.

 

8 - Desenho de um Curso On-Line
 

 

Parte II - Trabalhos com Textos

______________________________________________________________

Topo

______

1 - Glossário / EaD

ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância. Sociedade científica, sem fins lucrativos, que tem como finalidades: o estudo, a pesquisa, o desenvolvimento, a promoção e a divulgação da educação a distância.

Ambiente
- Conjunto de todos os fatores que, dentro de um limite específico, se possa conceber como tendo alguma influência sobre o funcionamento do sistema considerado.

Aprendizagem
- A aquisição e compreensão de informações que podem levar à melhoria ou mudança.

AVA
- Ambiente Virtual de Aprendizagem.

Avaliação
- Comparação do planejado com o alcançado. Para medir o grau e a qualidade de um  objetivo. Serve também para obter subsídios a fim de melhorar sucessiva e sistematicamente o planejamento e a implementação de  projetos, e com isso o desempenho.

Conhecimento
- O processo mediante o qual apreendemos a complexidade do mundo. Nesse sentido, todo conhecimento é uma maneira de reduzir a complexidade, criando uma descrição com sentido do todo ou das partes.

Diretrizes -
Normas gerais de caráter permanente, que orientam a tomada de decisão nos diversos escalões da organização, determinando prioridades e concentração de esforços para empreendimentos de maior importância.

Educação -
Refere-se à prática educativa e ao processo ensino-aprendizagem que leva o aluno a aprender a aprender, a saber pensar, criar, inovar, construir conhecimentos, participar ativamente de seu próprio crescimento. É um processo de humanização que alcança o pessoal e o estrutural, partindo da situação concreta em que se dá a ação educativa numa relação dialógica.

Educação Aberta -
Educação aberta é a que proporciona atividades sem restrições e/ou se dá liberdade ao participante para definir os conteúdos da sua aprendizagem e o inicio e final da sua aprendizagem, podendo esta acontecer em educação presencial ou em educação à distancia. É um processo aberto de aprendizagem, sem imposições ou regras por parte de quem ensina.

Educação a Distância -
Forma de ensino que possibilita a auto-aprendizagem, com a mediação de recursos didáticos sistematicamente organizados, apresentados em diferentes suportes de informação, utilizados isoladamente ou combinados, e veiculados pelos diversos meios de comunicação.

Educação mediada por tecnologia -
Processo educativo que se dá tanto na educação presencial como à distância, no momento em que o professor utiliza qualquer TIC como recurso didático para mediar o processo de ensino-aprendizagem.

Educação Não-presencial -
Processo de educação, no qual professores e alunos ficam separados fisicamente no espaço e ou no tempo, mas podendo estar juntos através das tecnologias de comunicação.

Educação presencial -
Professores e alunos se encontram juntos fisicamente no mesmo espaço e tempo (sala de aula, laboratório, etc.).

Educação Semi-Presencial -
Processo de educação, no qual professores e alunos têm momentos presenciais e à distância, para desenvolverem atividades de ensino-aprendizagem.

Educação Online -
A comunicação entre aluno e professor é síncrona, ou seja, as pessoas estão conectadas ao mesmo tempo e em lugares diferentes.

Educação virtual -
Processo pedagógico que utiliza redes de computadores (Internet e/ou Intranets) de forma síncrona e/ou assíncrona, visando a veiculação de conteúdos e interação entre os participantes. Não há contato físico entre professor e aluno.

Ensino -
Abrange a face mais aparente da educação escolar e está mais relacionado com as interações profº-aluno, nas suas relações com a aprendizagem, na intencionalidade, nas situações didáticas que são organizadas, planejadas, deliberadas, escalonadas em etapas, métodos, procedimentos de ensino, conforme as características dos produtos do ensino.

Eficácia -
É fazer as coisas certas, produzir alternativas criativas, maximizar a utilização de recursos, obter resultados.

Eficiência -
Conjunto de atributos que evidenciam o relacionamento entre o nível de desempenho do software e a quantidade de recursos usados, sob condições estabelecidas. Tem como subcaracterísticas: comportamento em relação ao tempo e comportamento em relação aos recursos.

Feedback
- Retroalimentação, retorno, devolutiva.

MEC
- Ministério da Educação.

Online
- É estar conectado à Internet realizando alguma operação entre computadores que estão conectados à rede para trocar informações.

Paradigma
- Forma padronizada ou modelo orientador da pesquisa e da organização de seus resultados em um campo delimitado de conhecimento. É um conjunto de pressupostos que regem nossa forma de interpretar uma situação e seu contexto e também de promover ações nesse contexto.

Sitefólio
- Coleção de páginas na Internet. Pode ser organizada por uma pessoa, por um grupo de pessoas ou por uma instituição e ter os mais variados conteúdos e serviços.

Tecnologia -
Conjunto de conhecimentos científicos ou empíricos ordenados, colocados à disposição de um processo produtivo de bens e riquezas.

Telestudo -
Forma alternativa de acessar a educação, mas não é estudo pela televisão; é estudo a distância, utilizando os recursos tecnológicos (rádio, computador) a seu favor. A educação a distância seria sinônima de teleducação (processo mais amplo que o estudo e o ensino) e não de telestudo.

Treinar -
Favorecer a aquisição de habilidades e aptidões através da prática orientada. É a fase que se segue à “educação”.

TIC
- Tecnologias de Informação e Comunicação. São ferramentas tecnológicas que proporcionam  flexibilidade e acessibilidade à educação e ao desenvolvimento pessoal e profissional.

Virtual
- Ambiente que não é presencial, o que não é sólido, concreto.

Webfólio
- É um portfólio eletrônico. Coleções organizadas de materiais, trabalhos e recursos pedagógicos. É uma forma de ensino-aprendizagem virtual, aplicada em diversos segmentos criando a interatividade entre alunos, tutores e navegadores. Versão eletrônica do portfólio, uma forma de organizar trabalhos, seleções de materiais. Recursos para disponibilizar as produções em páginas na internet proporcionando uma interatividade.

Webquest
- É uma atividade investigativa em que alguma ou toda informação com que os alunos interagem provem da internet.

 

2 - Universidade em Domicílio X Treinamento não é Educação

  • Cresce o número de pessoas com mais de 40 anos que se interessam por alguma proposta educativa;

  • Em função do crescimento do número de pessoas que têm acesso ao computador, cerca de 160 mil pessoas fizeram curso a distância em 2004;

  • Além da contribuição com a inclusão social através da educação, reforço para a inclusão digital em todas as faixas etárias;

  • Possibilidade de se ter acesso à educação sem sair de casa;

  • Alcance do público que prefere estudar em casa;

  • Possibilidade de interação virtual com o orientador e colegas do curso;

  • Necessidade de auto-disciplina, força de vontade, dedicação, organização, rotina de estudos e compromisso;

  • A escolha do curso deve ser criteriosa e analítica sempre buscando identificar os seguintes aspectos: autorização, localização, se são estrangeiras ou não, ferramentas utilizadas, referências, interatividade, a presença exigida e comprovação.

  • A "Psicologia do Desenvolvimento" é uma área que interessa à educação;

  • O assunto "Educação" é crescente no meio organizacional em função da busca pela qualificação de pessoal e competitividade com o mercado;

  • O desenvolvimento humano é trabalhado pelas empresas  de maneira estratégica e focada em resultados;

  • As propostas educativas dentro das organizações ganham espaço próprio conhecido como "Universidade Corporativa";

  • A maioria das empresas fazem desta proposta uma ampliação do departamento pessoal;

  • O treinamento foca o desenvolvimento de uma habilidade específica de importância organizacional;

  • A educação trabalha o pensamento crítico e a capacidade de aprendizado do indivíduo para prepará-lo para a vida;

  • O treinamento capacita o profissional, a educação desenvolve a pessoa;

  • A empresa não tem a responsabilidade de desenvolver, mas sim de fornecer os meios para que as pessoas se desenvolvam;

  • A responsabilidade do desenvolvimento humano na idade adulta é, acima de tudo do próprio indivíduo;

  • O sucesso ou o fracasso de um investimento em educação corporativa reside na percepção da aplicação adequada dos procedimentos educacionais.

 3 - Antecedentes da EaD

Histórico

  • 1840 - Surgimento da EaD através de um curso de taquigrafia por correspondência aplicado pelo professor Pitman;

  • Séc XIX - Sua utilização se alastrou pelos EUA, Canadá, Austrália e Europa;

  • 1920 - A prática é ampliada pela União Soviética;

  • 1986 - Métodos e abordagens inovados na Tailândia;

  • 1904 - Inicia-se a utilização da EaD no Brasil;

  • 1940 - A prática da EaD recebe destaque no Brasil com o Instituto Rádio Motor e o Instituto Universal Brasileiro.

Conceituação

Entende-se como Educação a Distância o processo de ensino-aprendizagem que se difere do utilizado tradicionalmente em sala de aula. Utiliza-se uma prática de ensino não presencial que desfruta de material impresso, recursos audiovisuais, telefonia e telemática. Seu objetivo é proporcionar um estudo flexível, autônomo e democrático que atinja o público que frequente, ou não, uma sala de aula.

Características

Dentre várias outras, as seguintes características podem ser atribuídas à EaD:

>> democratização do ensino;
>> aprendizagem independente;
>> ampla comunicação entre aprendiz e educando;
>> diversidade de conhecimento;
>> possibilidade de intervenção;
>> opção àquelas pessoas que preferem estudar em casa, etc.

 

4 - Legislação da EaD

=> Já sabia...

  • O significado de LDBEN =  Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

  • O ensino fundamental será presencial, sendo o ensino a distância utilizado como complementação da aprendizagem ou em situações emergenciais.

  • O ensino médio tem como finalidade: a preparação básica para o trabalho e a cidadania do educando, tornando-o capaz de se adaptar com flexibilidade a novas condições de ocupação ou aperfeiçoamento posteriores.

  • Educação Profissional - Art. 40 e Art. 41: certificação de estudos.

  • Educação superior, é obrigatória a freqüência de alunos e professores, salvo nos programas de educação a distância, reconhecendo com naturalidade, a educação a distância na graduação.

  • EaD caracteriza-se como modalidade educacional; mediação didático-pedagógica ocorre com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação; estudantes e professores em lugares ou tempos diversos.  

  • Compete MEC / SEED organizar e integrar (federal, estadual e municipal); padronizar normas e procedimentos; credenciamento; renovação de autorização de instituições para oferta de EaD.

  • Capacitação em Serviço - Art. 61 e Art. 67: aperfeiçoamento profissional continuado e profissionais da educação.

=> Ainda não sabia...

  • Ensino Fundamental - Art. 32, § 4º : O ensino fundamental será presencial, sendo o ensino a distância utilizado como complementação da aprendizagem ou em situações emergenciais;

  • Educação Especial - Art. 59: métodos, técnicas e tecnologias aplicados ao ensino a distância são recursos poderosos, tanto em programas de aceleração de estudos para alunos superdotados como para portadores de necessidades especiais, uma vez que o ritmo e a especificidade de cada um podem ser atendidos de forma personalizada;

  • Art. 36, inciso II - currículo: adotará metodologias de ensino e de avaliação que estimulem a iniciativa dos estudantes;

=> Desejo saber mais...

  • Educação a Distância - Art. 80: “O Poder Público incentivará o desenvolvimento e a veiculação de programas de ensino a distância, em todos os níveis e modalidades de ensino, e de educação continuada.”
    1º: A educação a distância, organizada com abertura e regime especiais, será oferecida por instituições especificamente credenciadas pela União;

  • Educação Especial - Art. 59: métodos, técnicas e tecnologias aplicados ao ensino a distância são recursos poderosos, tanto em programas de aceleração de estudos para alunos superdotados como para portadores de necessidades especiais, uma vez que o ritmo e a especificidade de cada um podem ser atendidos de forma personalizada.

 

5 - Linguagem em EaD

 

Parte III - Pesquisas Complementares

______________________________________________________________

Topo

______

1 - Portais EaD

O conceito de ensino-aprendizagem tem evoluído buscando possibilitar mais benefícios e igualitário acesso à educação no Brasil e no mundo. Uma prova desse fato é a utilização do EaD como ferramenta facilitadora que contribui com tal progresso.

 

O site http://www.universia.com.br/ é uma página que contém informações importantes do meio acadêmico. Tais informações vão desde benefícios a comentários, notícias e acontecimentos do campo universitário. Faz-se uso da EaD para a aplicação de cursos, provas interativas, salas virtuais, orientações de estudo e carreira, e informações referentes a benefícios voltados para o público universitário como bolsas e oportunidades de emprego.

 

O endereço http://portal.mec.gov.br/seed/ é do Ministério da Educação que dispõe de informações voltadas à educação a distância e aos métodos didático-pedagógicos das escolas públicas. Aponta como missão a seguinte: "Atuar como agente de inovação dos processos de ensino-aprendizagem, fomentando a incorporação das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) e da educação a distância aos métodos didático-pedagógicos das escolas públicas". Seus objetivos podem ser resumidos na busca da melhoría da qualidade da educação pública através do desenvolvimento e adaptação das TICs. O site dispõe das legislações e convênios que envolvem a EaD na educação pública, além de apontar todas as novidades e benefícios disponibilizados pela Secretaria.

 

O endereço http://www2.abed.org.br/ é do site da Associação Brasileira de Educação a Distância - ABED. É uma sociedade científica que busca divulgar, estudar e promover projetos voltados à educação a distância. Dispõe de uma biblioteca virtual voltada para o contexto de Ead. Mantém um catálogo com todos os cursos oferecidos pelas instituições de ensino do Brasil para que os interessados obtenham informações dos mesmos pelo site, além de destacar todas as notícias e eventos voltados para a EaD.

Todos os sites citados possuem basicamente o mesmo objetivo de trabalhar com o meio educacional. Ressaltam a importância e os benefícios do acesso às TIC's nas escolas públicas e particulares. Da educação infantil à superior e profissionalizante. Demonstram que a utilização da EaD tem crescido significativamente e apontam benefícios para o processo de ensino-aprendizagem em todos os espaços.

 

2 - Periódicos Online

Desejo aqui indicar um artigo do Professor da Universidade Bandeirante e das Faculdades Sumaré-SP, José Manuel Moran, publicado no livro organizado por SILVA, Marco. Educação on-line: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. São Paulo: Loyola, 2003. p. 39-50. Escolhi este texto em função de ressaltar aspectos importantes da prática pedagógica na educação a distância.

O artigo reforça a definição de aprendizagem on-line como a junção de ações de ensino aprendizagem mediadas por recursos telemáticos (internet, videoconferência, teleconferência, etc.), demonstra a variedade de papéis que o educador desempenha na modalidade de ensino a distancia assim como as novas questões pedagógicas que surgem no contexto educacional com o avanço das tecnologias. Aponta as dificuldades de motivação e aceitação enfrentadas, além de ressaltar gama de cursos que podem ser trabalhados. E, não menos importante, discute a questão da proposta pedagógica que deve permear tal modalidade de ensino. O nome do artigo é “Contribuições para uma Pedagogia da Educação On-Line” e pode ser encontrado no site www.eca.usp.br. Clicando nos links acima você poderá conhecer melhor o site e ter mais detalhes do artigo em questão e vários outros que discutem assuntos acerca da temática em questão.

 

3 - Artigo

Durante a pesquisa bibliográfica para construção do curso on-line várias obras interessantes foram encontradas, tanto impressas quanto digitais. No link abaixo é possível acessar a um artigo que destaca vários aspectos importantes acerca da gestão de cursos a distância. O texto é recomendado porque, além de tratar da gestão, também levanta outras informações relevantes sobre propostas de formação a distância.

KENSKI, Vani Moreira. Gestão e uso das mídias em projetos de educação a distância. Maio de 2005, USP / SITE Educacional. Disponível em: <www.pucsp.br/ecurriculum/docs/pdf/vanikenskiartigo.pdf>. Acesso em: 19 nov. 2006.

 

Parte IV - Sínteses e Avaliações

______________________________________________________________

Topo

______

1 - Síntese

Este trabalho resultou valioso conhecimento referente à modalidade de Educação a Distância. Foram necessárias pesquisas em sites, textos, troca de informações com colegas e professores. Um processo que possibilitou aprendizagem contínua e recíproca. O tema "Avaliação", por exemplo, me permitiu analisar melhor de maneira crítica os processos avaliativos utilizados por profissionais da educação. Compreendi que avaliar deve ser sinônimo de troca e crescimento mútuo na busca de contribuir com a aprendizagem e não de ser confundida com método punitivo ou julgativo.

No início, o tema apontava muitas interrogações em relação à sua proposta e benefícios para com o público a que se destina, mas a necessidade de pesquisar para construir o trabalho, possibilitou a quebra de vários paradigmas e até mesmo preconceitos em relação à EaD. As pesquisas proporcionaram acesso e conhecimento de autores, sites, cursos, legislações e fatos históricos muito interessantes sobre Educação a Distância, além de permitir o conhecimento de como deve e como não deve ser um curso de EaD.

Muitos termos utilizados no ambiente virtual e no contexto da EaD foram esclarecido durante as pesquisas e construção do trabalho, permitindo identificar que em determinados contextos pode haver confusão do que é realmente Educação. Posso concluir que foi um trabalho de conteúdo extremamente rico para mim enquanto pessoa e futura gestora da educação. Sempre que necessário e possível, farei uso de tudo o que foi aprendido para aprender mais e contribuir com o meio em que estiver atuando.

 

2 - Auto avaliação

Realizar este trabalho me permitiu ampliar conhecimentos a respeito da EaD. Confesso que foi trabalhoso, intenso, mas acima de tudo, muito construtivo. Foi uma trajetória cercada de muita troca de opiniões entre colegas e professor e, além de tudo,  um processo que agregou novos conhecimentos tanto operacionais quanto teórico. A afeição pelo tema, a dinâmica da disciplina e a vontade de realizar um bom trabalho, foram os "ingredientes" que possibilitaram enfrentar as dificuldades do trabalho com determinação e satisfação. Parte do primeiro objetivo foi alcançado que foi a possibilidade de ampliar o conhecimento em relação ao tema. O segundo objetivo é poder contribuir com a aprendizagem das outras pessoas que possam ter acesso ao meu Webfólio, espero poder ter colaborado de alguma forma.

 

3 - Avaliação do(a) colega

O trabalho foi apresentado de forma clara, objetiva e de fácil entendimento. A colega soube expor muito bem os conteúdos com base nas orientações, troca de informações entre aluno e professor e nos textos disponibilizados. O design, as imagens, o plano de fundo, a fonte utilizados foram muito bem colocadas de forma que não causou cansaço visual.

Avaliação realizada por Rosália Muniz Franco Vieira, sobre meu Webfólio.

Em minha opinião o trabalho da colega Rosália Muniz Franco Vieira demonstrou grande empenho e dedicação. O design e o conteúdo teórico foram bem trabalhados passando uma mensagem objetiva e de fácil entendimento.  Ela está de parabéns!!!

 

4 - Avaliação final

Como já foi falado anteriormente, este trabalho resultou valioso conhecimento referente à modalidade de Educação a Distância. Foram necessárias pesquisas em sites, textos, troca de informações com colegas e professores. Um processo que possibilitou aprendizagem contínua e recíproca.

Do semestre anterior para cá muitos foram os progressos alcançados. Cresceu o empenho e interesse pela disciplina, assim como o conhecimento teórico e prático em relação à Educação a Distância. A oportunidade de vivenciar e planejar um curso on-line possibilitou desenvolver habilidades importantes para o nossa profissão enquanto gestoras da educação. Os prazos para elaboração e cumprimento das atividades foram bons, o que muitas vezes atrapalhou foram os imprevistos ocasionados pelas tarefas a serem cumpridas fora da instituição.

As disciplinas envolvidas na construção do curso on-line bem como as professoras que orientaram o mesmo utilizaram conteúdos e recursos extremamente valiosos para o cumprimento da atividade. Deste trabalho se pode tirar uma conclusão e um exemplo para futuros processos de aprendizagem: a prática aliada à teoria permite ao aprendiz desempenhar o papel de público e criador do conhecimento.

Analisando toda minha trajetória no decorrer deste semestre, me avalio com nota oito, pois me empenhei ao máximo para apresentar qualidade e pontualidade em todas as tarefas e, acima de tudo, as realizei com grande prazer...

 


Ketiuce F. Silva - Pedagoga "metida" a Webdesigner
ketiuce@yahoo.com.br - Uberlândia (MG)
tecnologiaeducacionalemfoco.blogspot.com